segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O Cranco em Mim



Não sei que cranco deu em mim,
Mas ontem à noite, eu saí com uma prostituta.
Não sei e nem me lembro, se (eu)
Estava bêbado, drogado ou se era apenas
Loucura, mas ontem eu saí com uma prostituta!

O pior é que... ou seria o melhor?
... lhe fiz juras de amor,
Prometi mundo e fundo, como dizem por aí;
Casa, comida e roupa lavada.

Será que ela acreditou?

Não lembro com clareza,
Mas, era uma bela jovem (eu acho),
Pernas grossas, seios fartos e um olhar sarcástico.
Uma profissional com título de doutorado em prazer

Não sei se foi bom ou ruim
Os momentos que estive com ela,
Como também não sei se estava
Bêbado, drogado, ou se era apenas loucura,
Mas ontem à noite deu o cranco em mim
E eu saí com uma prostituta!

Elmo da Vinci Zaratustra

3 comentários:

Rhebeca de Moraes disse...

ñ sei o q escrever,
mas só sei que gostei.

Bravo! o/

Elmo da Vinci Zaratustra disse...

fico devidamente grato pelo seu comentário!

Anônimo disse...

Muito bom cara!
Pow!!!!

Gustavo

Postar um comentário

Reflita sem moderação!