sexta-feira, 16 de setembro de 2011

E lá estava ele


Impedido de mergulhar nas suas próprias dores

Sufocado com suas próprias palavras

Febril com seus próprios medos

Sórdido com seu próprio eu

Perdido nas sombras dos dias

Acalentado pelo silêncio da noite

Aprisionado no tempo

Contemplado com a ilusão

Embriagado com a lua

Soterrado com a solidão

Entorpecido com o silêncio

Mergulhado na aflição.



Elmo da Vinci Zaratustra

0 comentários:

Postar um comentário

Reflita sem moderação!