terça-feira, 25 de maio de 2010

Fragmentos da ilusão



Eu era profeta da alegria,
Propagador de sonhos,
E acolhedor da paz....

Agora, eu padeço sob a razão
E penso com minhas próprias pulgas.

A doutrina dos homens me expulsou
A pouca fé que eu tinha me recriminou
E a esperança me abandonou....

Estou sendo tentado a todo o momento
Pelo tempo e pela cura...
Mas... O que é o tempo?
O que é a cura?

Sabe aqueles seus pesadelos?
Eu possuo todos...

Minha paz é a minha agonia
Meu tédio é a minha alegria
E o medo a minha companhia.

Não sou assim porque quero. Foi o mundo que me tornou à essa maneira:
Frio, sombrio e meticuloso. Perdido nas sombras das palavras, e fragmentado pela ilusão da normalidade.


Elmo da Vinci Zaratustra

8 comentários:

claudinha disse...

(...) "fragmentado pela ilusão da normalidade."

Bem colocado!
Aliás, estamos sujeitos (todos, generalizando) à ser vítimas de tais "ilusões". Seja da normalidade, democracia... ¬¬'

____x____
Parabéns, Elmo!

Mente Iusionista disse...

"Perdido nas sombras das palavras, e fragmentado pela ilusão da normalidade."
.
Cara, gostei disso!
Parabéns!

Sâmela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sâmela disse...

A vida nos faz mudar,as cicatrizes que o tempo deixa nos torna alguém diferente.

gosteei do blog
to seguindo(:

Endim Mawess disse...

Boas palavras, pena que a verdade tenha hoje tantos donos.

Endim Mawess disse...

não deixe que a esperança e o amor sejam arrancados de vc...nunca...

Raiká Jordan disse...

Cara você tira onda vc é muito foda!! seguindo o blog e concerteza lendo todos os posts!!!

Kelly Christi disse...

A adolescencia é a fase mais complicada da nossa vida, aonde ascultamos e desejamos tudo, seja bom ou ruim, nossas incertezas, inseguranças... bem escrito

bjs

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

Postar um comentário

Reflita sem moderação!